Coenzima Q10: o que é e como a suplementação pode ajudar

Bastante conhecida como um suplemento, a coenzima Q10 é uma substância produzida pelo organismo e que também pode ser encontrada em alguns alimentos. Ela tem papel importante na geração de energia no corpo, mas pode ser prejudicada por medicamentos ou até mesmo pela idade mais avançada da pessoa.

Ela foi descoberta em 1957, por pesquisadores nos EUA e está presente em todas as células do nosso organismo. É lipossolúvel, ou seja, solúvel em gordura e também é conhecida como ubiquinona.

Apesar de ser produzida no organismo e encontrada em diversos alimentos, a coenzima Q10 pode ser suplementada. E a suplementação pode trazer uma série de benefícios:

  • Controle de colesterol e triglicérides - uma pesquisa feita em 2018, no Irã, mostrou que a suplementação pode auxiliar na resistência à insulina, na ferritina, no colesterol total e no colesterol LDL, ao mesmo tempo que o colesterol HDL aumentou significativamente. Além disso, o nível dos triglicerídeos no sangue também reduziu no grupo que recebeu o suplemento.
  • Redução dos radicais livres - Também em 2018, mas na Itália, um estudo mostrou que a suplementação causou resistência à privação de coenzima Q10, induzida pelo exercício. Além disso, a substância foi associada à redução de radicais livres e à preservação da integridade do DNA. Entretanto, vale destacar que a suplementação não foi capaz de melhorar o desempenho físico ou reduzir o dano muscular nos atletas.
  • Ação antioxidante  - Em 2019, pesquisadores investigaram os efeitos da suplementação com coenzima Q10 sobre o estresse oxidativo e a atividade de enzimas antioxidantes. A suplementação indicou uma redução significativa no estresse oxidativo e no aumento na atividade das enzimas antioxidantes.

Como ela age?

A coenzima Q10 age na mitocôndrias, organela celular responsável pela respiração celular. A substância auxilia no transporte de elétrons durante a cadeia respiratória. Ela é responsável pela passagem dos elétrons no processo, evitando oxidação, danos nas membranas celulares e promovendo uma boa concentração de água nas células. Por causa da sua localização intracelular (dentro das mitocôndrias), tecidos e órgãos com maior necessidade energética —neurônios, músculos, fígado e rins — se beneficiam mais da sua presença.

Quais os sintomas da deficiência

Em linhas gerais os sintomas relacionados à falta da coenzima Q10 estão ligados à falta de energia. Entretanto, ainda é um assunto que precisa de estudos mais profundos e comprovações científicas. O porém é que esses sintomas podem indicar outras condições clínicas e carências independentes da coenzima. Então, é sempre bom consultar um médico e realizar exames para saber com precisão.

Quem precisa suplementar 

A recomendação comumente adotada é que pessoas que usam estatina e pessoas com doenças genéticas alteram o metabolismo mitocondrial procurem o médico para fazer a recomposição da coenzima Q10. Idosos também podem receber a suplementação, uma vez que a produção endógena diminui com o envelhecimento.

Contraindicações 

Estudos fornecem evidências de que a suplementação oral é segura e bem tolerada. Porém, é importante observar que pode existir uma interação entre a coenzima Q10 e outros medicamentos. Há relatos na literatura médica de que a suplementação da Q10 junto com o anticoagulante varfarina reduziu a eficácia do medicamento.

Gostaria de saber
mais sobre o
tratamento?
Agende Sua Consulta
[wpdevart_facebook_comment facebook_app_id="2348685775181667" curent_url="https://dralarissadiniz.com.br/coenzima-q10-o-que-e-e-como-a-suplementacao-pode-ajudar/" order_type="social" title_text="" title_text_color="#444444" title_text_font_size="16" title_text_font_famely="Cabin" title_text_position="left" width="100%" bg_color="#ffffff" animation_effect="random" count_of_comments="3" ]

O que achou do nosso conteúdo? Avalie:

Clique para Avaliar

Classificação Média 4.6 / 5. Contagem de Votos 35

Sem votos! Seja o primeiro!

Categorizado em:
Dra. Larissa Diniz
Médica, pós-graduada em Medicina Integrativa, Preventiva e Nutrologia, com experiência na área da Medicina da Saúde e do Estilo de Vida, tratando de doenças autoimunes, metabólicas, hormonais, crônicas e prevenção de doenças, sempre atuando na sua causa com uma Medicina Personalizada.

Pesquisar

searchclosedownloadmap-markerchevron-leftfacebook-squarebarsenvelopecomments-ostethoscopeinstagramwhatsappcalendar-check-ocross-circle linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram